segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

devia deixar de conduzir, pois devia!!

nunca fui fã de conduzir.
tanto que só tirei a carta aos 26 anos.
ainda fui a tempo.

em 5 anos de carta nunca tive um acidente.
tive "deslizes automobilisticos" 4 vezes.
3 delas, nos últimos dois meses.

o primeiro deslize tinha a carta á pouco mais de um ano e "galguei" um lancil.
a jante do carro não gostou, e eu fiquei hiper nervosa.
nada de mais.

o 2º, foi á quase dois meses.
a fazer marcha atrás á porta de casa, não conseguia virar-me por causa da dona barriga e dei um toque no carro da vizinha. nem o carro, nem ela se chatearam (claroq ue fui logo bater-lhe á porta e dizer-lhe).

o 3º foi á cerca de um mês a estacionar no Modelo. tirei-lhe mal as medidas e bati no poste. o carro ficou com um risquito amarelo que entretanto despareceu.

o 4º foi hoje.
atrasadíssima para deixar a Sara na escola, e não vi que o lancil era alto e toca de bater com o carro no lancil, de frente.
pronto. a miúda prontamente solta um "então mãe???!!!!" do banco de trás e eu fico a olhar para a fedelha e a pensar...

tou grávida.
barriguda.
a barriga já encosta (e bem) no volante, e custa-me conduzir.

pronto, é isso.
ou isso ou tenho que ter (ainda) mais cuidado.
e deixar de ser acelera, claro.
ou deixar de conduzir, mas isso é impossível.

espero que estes "toques" recentes sejam mesmo só da gravidez, e não que me esteja a tornar numa péssima condutora.
daquelas que batem em tudo por nada.

2 pipocas:

Marlene e Simão disse...

Tu tem cuidado, amiga!
Beijocas boas

SONHADOR disse...

é da gravidez.

beijos.